Como dedetizar a casa sem prejudicar os animais de estimação: aprenda tudo aqui!

#animaisdeestimação #cuidados #dedetização #cuidadospósdedetização #dedetizaçãoseguraparaosanimais

Os animais de estimação também sofrem com a presença de insetos em casa. E não estamos falando apenas das pulgas e dos carrapatos. Uma infestação de formigas, por exemplo, prejudica o bem-estar dos animais domésticos. Para resolver o problema, é importante recorrer à dedetização

Só que o uso de veneno costuma ser um medo nas residências onde há cães e gatos. E se o pet entrar em contato com o produto? Ele terá problemas de saúde? 

Apesar de hoje os produtos serem menos tóxicos, ainda oferecem riscos para os animais de estimação. É por isso que você deve tomar alguns cuidados após a dedetização do ambiente.  

Dicas para proteger seu pet após a dedetização 

Vamos, então, à lista de dicas para realizar dedetização em ambientes com animais de estimação e prevenir o contato dos pets com substâncias tóxicas. Acompanhe o passo a passo e veja como é simples manter a segurança e a saúde deles.  

  1. Isolar a área é importante: Existem diferentes métodos para o controle de pragas. Quando há aplicação de gel ou iscas, não é preciso deixar o local. Porém, se a prática envolver a pulverização de domissanitário líquido, então a área deve ficar isolada por 12 horas. Esse é o período necessário para o produto secar. Os cachorros e os gatos costumam ser mais sensíveis aos químicos. Assim, recomenda-se que eles fiquem longe por mais tempo, em torno de 24 horas. A essa altura, a toxicidade já terá baixado a um nível tolerável. 
  1. Dificulte o acesso dos animais de estimação às áreas dedetizadas: O veneno em gel é bastante eficaz contra baratas e formigas. O uso geralmente ocorre em cozinhas e despensas, onde há grande concentração de alimentos. Quando os profissionais aplicam o material, eles procuram pontos como frestas de paredes, quinas de móveis e cantos escuros. Esses são os refúgios preferidos das pragas urbanas, justamente porque a colônia fica protegida de predadores. Verifique se seu amiguinho de quatro patas tem acesso fácil a esses locais. Se for o caso, restrinja a circulação do peludo. Instale barreiras físicas ou, simplesmente, tranque as portas do cômodo dedetizado. 
  1. Delimite uma zona segura para o pet: Para facilitar o monitoramento dos pets, determine um lugar em que seus bichinhos possam movimentar-se livremente. Vale o quintal, a sala de estar ou outro lugar da residência. Certifique-se de que não haja ralos no perímetro. As baratas atingidas pelo domissanitário ficam tontas e algumas escapam por essas aberturas. Então, no momento em que seu animal de estimação entrar em contato com o inseto, poderá ingerir um pouco da substância tóxica. 
  1. Remova insetos mortos: Aliás, a atenção aos felinos deve ser redobrada.     Isso porque eles adoram brincar com baratas, borboletas e outras criaturas menores. Mesmo que o bichano não coma a presa, o simples fato de capturá-la e manipulá-la pode ser motivo de preocupação. Por isso, o ideal é que seu gatinho se entretenha apenas com bolas de borracha e acessórios do tipo. Fique de olho. Nos dias seguintes à dedetização, é comum encontrar insetos mortos sobre o piso e os móveis. Ao ver um deles, remova-o imediatamente e lave a superfície com água e sabão. Essa medida diminui os riscos de intoxicação. 
  1. Observe os vizinhos: As dicas de dedetização também valem caso o seu vizinho utilize o serviço de controle de pragas. Durante esse período, evite deixar que seu animal saia de casa, pois os insetos envenenados na outra residência podem fugir para o seu imóvel, causando possíveis prejuízos à saúde do seu bichinho de estimação. O ideal é que aconteçam dedetizações combinadas entre os vizinhos, para que não ocorram contaminações por acidente. Por isso, é importante que os vizinhos trabalhem em conjunto para a saúde da comunidade.  

Escolha a dedetizadora certa e evite envenenamento do seu animal de estimação!  

Mesmo tomando esses cuidados na dedetização em ambientes com animais de estimação, às vezes ocorrem imprevistos. Um momento de desatenção e o cachorro lambe a parede, ou o gato abocanha uma barata morta. Tem perigo? 

Em geral, não. A quantidade de veneno ingerida é tão pequena que dificilmente afetará o organismo do animal. Se acontecer intoxicação, as consequências serão imediatas: 

– Vômito; 

– Salivação excessiva; 

– Diarreia; 

– Tremores e convulsões; 

– Sangramentos; 

– Manchas vermelhas ou roxas na pele. 

Havendo esses sinais, encaminhe seu animal de estimação até um veterinário imediatamente. Tenha em mãos o nome do domissanitário empregado no controle de pragas, pois, sabendo qual é a causa do problema, fica mais fácil encontrar um antídoto. 

É por essas e outras que você deve recorrer a uma imunizadora de credibilidade. As companhias que realizam essa atividade devem manejar apenas produtos autorizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

Como dedetizar a casa sem afetar seus animais de estimação

É necessário fazer uma limpeza após a dedetização quando há animais em casa? 

Para se livrar de insetos e pragas em geral, a melhor recomendação é realização a dedetização. Entretanto, após a realização do procedimento, devem-se tomar cuidados para que o mesmo se estenda por mais tempo e não resulte nenhum tipo de malefício à saúde relacionado à química utilizada durante o processo. Por isso, o serviço contratado deve ser confiável e de qualidade.  

Dessa forma, é necessário deixar que o ambiente fique ventilado de 1 a 4 horas, pois o cheiro forte proveniente do procedimento não fica impregnado no ambiente e se dissipa com maior facilidade. 

A limpeza deve realizada somente 72 horas após o procedimento, para que, desta forma, não haja a retirada da substância. É recomendado que após 4 horas do término da dedetização, seja passado um pano úmido no ambiente, retirando apenas os excessos. 

E reforçando mais uma vez, as pessoas alérgicas, crianças, gestantes, animais, idosos e plantas sensíveis devem ficar fora do ambiente por pelo menos 24 horas após o procedimento. As demais pessoas, fora destas condições, podem voltar para o local após 4 horas da realização da dedetização

Dedetização e desratização: faça o controle de pragas em condomínio

Dedetização de qualidade e segura para seu pet e sua família? É só na Folha Dedetizadora! 

Respeitando o meio ambiente e a saúde dos nossos clientes e colaboradores, utilizamos somente produtos autorizados e registrados no Ministério da Saúde e Licenciados pela Anvisa. Possuímos registro na ANVISA e SICAF. Essa certificação comprova o alto nível dos serviços de controle de pragas urbanas. Entre em contato conosco e faça seu orçamento. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *